Weblogue colectivo do projecto Mediascópio - CECS / Universidade do Minho | RSS: ATOM 0.3 |




Envie este post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Política, mentiras e...Internet Quem manipula quem? Quem fala verdade? Quem domina ou irá conseguir impor a interpretaçao "correcta" dos acontecimentos? Estas e outras perguntas estao no centro do debate em Espanha e em muitos outros países, na sequência dos atentados de Madrid e dos resultados das eleiçoes de 14 deste mês. Vasco Graça Moura defende que "a questao do Iraque só se tornou eleitoralmente explosiva pela associaçao com a chamada 'mentira de Estado' que a esquerda conseguiu, com incrível rapidez, improvisar, encenar e fazer alastrar no dia 13 de Março", sugerindo, por conseguinte, que os resultados eleitorais tenham sido influenciados por uma manipulaçao da esquerda. Nao se pode ser ingénuo a ponto de nao admitir que pode ter havido interesses partidários envolvidos nas movimentaçoes da véspera eleitoral, dia de "reflexao" (que curiosamente serviu para El Mundo publicar uma entrevista de fundo com Mariano Rajoy e para a Televisao publica contra-programar um documentário sobre o terrorismo da ETA). Provavelmente a dimensao e a natureza do que se passou terá de aguardar algum tempo para que se possa fazer a respectiva arqueologia. Uma coisa parece provavel: terá havido movimentos sociais de tipo novo, no que se passou em Espanha no dia 13, a partir do meio da tarde. E a este propósito, valerá a pena ler: - de Manuel Castells, o texto "Movil-ización política" (La Vanguardia, 20.3 - exige subscriçao prévia); - de Karma Peiró, Las vueltas que da un bulo (Enredando); - de Alejandra Ruiz-Hermosilla, "Pásalo!" (La Razón) - Aznar arremete, sin nombrarlos, contra la Cadena SER y El País. Karma Peirá reconstitui, no texto citado, o trajecto de um boato ("bulo"). Outro boato é o de que, a exemplo do que se passou na TVE e na agência EFE, também na Cadena SER (Grupo Prisa), que teve um papel fundamental na divulgaçao de informaçoes que mais nenhum órgao difundiu e que foi acusada de acicatar as manifestaçoes frente às sedes do PP, também aí, dizia, se terá verificado contestaçao interna dos jornalistas contra alegados actos de manipulaçao , por parte de chefias. Em diversos sites figura mesmo o texto de um assim intitulado "Manifiesto de la Gan Vía", que refere expressamente esses actos. Dois jornais regionais terao dado acolhimento a tal texto, um deles em primeira página, mas sem verificar a sua autenticidade. A Cadena Ser inseriu, entretanto, no seu site, uma nota de imprensa em que considera que se trata de " una fabulación absoluta, y todo lo que en aí se afirma desde la primera a la última línea (...) una patraña". Assim vao os ambientes, no país vizinho.


0 resposta(s) para “”

Responder





Quem somos

» Manuel Pinto
» Helena Sousa
» Luis Antonio Santos
» Joaquim Fidalgo
» Felisbela Lopes
» Madalena Oliveira
» Sara Moutinho
» Daniela Bertocchi
» Sergio Denicoli

» E-MAIL

Últimos posts

» Blog Census O site Blog Census rastreia actualm...
» História dos spots eleitorais nos EUA O America...
» "Comunicaçao do humor" É esse o tema do nº 7 da...
» Ainda sobre a declaraçao do director de El País ...
» Falar claro James Taranto, no Opinion Journal (...
» Director de El País pede desculpas aos leitores e ...
» Curso de Jornalismo da UP lança jornal online E...
» "Ipsis Verbis" Judite de Sousa, no JN: "Um erro...
» Raul Rivero e companheiros presos por delito de op...
» Mudanças na legislaçao sobre os media na Suiça ...

Ligações


Arquivos

» Abril 2002
» Maio 2002
» Junho 2002
» Julho 2002
» Agosto 2002
» Setembro 2002
» Outubro 2002
» Novembro 2002
» Dezembro 2002
» Janeiro 2003
» Fevereiro 2003
» Março 2003
» Abril 2003
» Maio 2003
» Junho 2003
» Julho 2003
» Agosto 2003
» Setembro 2003
» Outubro 2003
» Novembro 2003
» Dezembro 2003
» Janeiro 2004
» Fevereiro 2004
» Março 2004
» Abril 2004
» Maio 2004
» Junho 2004
» Julho 2004
» Agosto 2004
» Setembro 2004
» Outubro 2004
» Novembro 2004
» Dezembro 2004
» Janeiro 2005
» Fevereiro 2005
» Março 2005
» Abril 2005
» Maio 2005
» Junho 2005
» Julho 2005
» Agosto 2005
» Setembro 2005
» Outubro 2005
» Novembro 2005
» Dezembro 2005
» Janeiro 2006
» Fevereiro 2006
» Março 2006
» Abril 2006
» Maio 2006
» Junho 2006
» Julho 2006
» Agosto 2006
» Setembro 2006
» Outubro 2006
» Novembro 2006
» Dezembro 2006
» Janeiro 2007

Livros

TV do futebol

» Felisbela Lopes e Sara pereira (orgs) A TV do Futebol; Porto: Campo das Letras

» Televisão e cidadania. Contributos para o debate sobre o serviço público. Manuel Pinto (coord.), Helena Sousa, Joaquim Fidalgo, Helena Gonçalves, Felisbela Lopes, Helena Pires, Luis António Santos. 2ª edição, aumentada, Maio de 2005. Colecção Comunicação e Sociedade. Campo das Letras Editores.

» Weblogs - Diário de Bordo. António Granado, Elisabete Barbosa. Porto Editora. Colecção: Comunicação. Última Edição: Fevereiro de 2004.

» Em nome do leitor. As colunas do provedor do "Público". Joaquim Fidalgo. Coimbra: Ed. Minerva. 2004

» Outras publicações do CECS

Eventos

» Conferência: A Nova Entidade Reguladora no quadro das políticas de Comunicação em Portugal (2006)

» I Congresso Internacional sobre Comunicação e Lusofonia (2005)

» Jornadas ?Dez Anos de Jornalismo Digital em Portugal: Estado da Arte e Cenários Futuros? (2005)

» Todos os eventos







Subscribe with Bloglines


Technorati Profile Powered by Blogger and Blogger Templates