Weblogue colectivo do projecto Mediascópio - CECS / Universidade do Minho | RSS: ATOM 0.3 |




Envie este post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Uma passagem intrigante Sob o título "Um golpe profundo", o centrista Manuel Queiró comenta hoje, no Público, as investigações que a justiça leva a cabo acerca de suspeitas de tráfico de influência e que envolvem ex-ministros e outras figuras do CDS. A dado passo, e depois de se congratular por a posição oficial do Partido não ter enveredado pela teoria da conspiração, Queiró escreve: "Simpatizei instintivamente com a reacção do ex-vice-presidente António Pires de Lima. Não virou a cara e não negou os danos que o caso pode provocar ao CDS. Mas, sem nunca descambar para a teoria da cabala, não deixou de colocar as instâncias responsáveis pela investigação sob uma pressão inteiramente legítima. Em democracia toda a gente deve explicações. (...) Que essa pressão se justifica demonstrou-o o tom com que a maioria dos media e os restantes partidos passaram a tratar o caso. Tem imperado a prudência, e o acento tónico foi colocado em questões gerais e abstractas, tais como a relação do poder com o financiamento dos partidos, comum a várias forças políticas. E imediatamente surgiram notícias de outras supostas investigações envolvendo outros partidos. Má consciência por verem o CDS como paradigma do autofinanciamento a partir do poder?" Conclusões, para já: - Houve uma mudança de "tom" sobre este caso, nomeadamente nos media; seria inicialmente um e passou a ser outro; - Sugere-se, ainda que indirectamente, que essa mudança de tom tem a ver com a "pressão inteiramente legítima" em que foi posta a investigação judicial; - Explicita-se a tal mudança de tom: "o acento tónico foi colocado em questões gerais e abstractas, tais como a relação do poder com o financiamento dos partidos, comum a várias forças políticas". "E imediatamente surgiram notícias de outras supostas investigações envolvendo outros partidos". "À bon entendeur..." ou estarei a tresler? Alguém quer comentar?


0 resposta(s) para “”

Responder





Quem somos

» Manuel Pinto
» Helena Sousa
» Luis Antonio Santos
» Joaquim Fidalgo
» Felisbela Lopes
» Madalena Oliveira
» Sara Moutinho
» Daniela Bertocchi
» Sergio Denicoli

» E-MAIL

Últimos posts

» Prós e contras do jornalismo digital Merece leitu...
» The New York Times cria acesso pago a alguns conte...
» Jornadas do GACSUM em novos moldes Começam amanhã...
» A ler "From Print to Pod: The Innovative Power of...
» "PJ nega investigação a Sócrates" Em post scriptu...
» "Proibição de publicidade é proibição de pensament...
» Jornalistas e Magistrados
» Regulação e provedores - algumas notas O comunica...
» "A entrevista no jornalismo contemporâneo" Um nov...
» Leituras Seis reflexiones sobre periodismo impres...

Ligações


Arquivos

» Abril 2002
» Maio 2002
» Junho 2002
» Julho 2002
» Agosto 2002
» Setembro 2002
» Outubro 2002
» Novembro 2002
» Dezembro 2002
» Janeiro 2003
» Fevereiro 2003
» Março 2003
» Abril 2003
» Maio 2003
» Junho 2003
» Julho 2003
» Agosto 2003
» Setembro 2003
» Outubro 2003
» Novembro 2003
» Dezembro 2003
» Janeiro 2004
» Fevereiro 2004
» Março 2004
» Abril 2004
» Maio 2004
» Junho 2004
» Julho 2004
» Agosto 2004
» Setembro 2004
» Outubro 2004
» Novembro 2004
» Dezembro 2004
» Janeiro 2005
» Fevereiro 2005
» Março 2005
» Abril 2005
» Maio 2005
» Junho 2005
» Julho 2005
» Agosto 2005
» Setembro 2005
» Outubro 2005
» Novembro 2005
» Dezembro 2005
» Janeiro 2006
» Fevereiro 2006
» Março 2006
» Abril 2006
» Maio 2006
» Junho 2006
» Julho 2006
» Agosto 2006
» Setembro 2006
» Outubro 2006
» Novembro 2006
» Dezembro 2006
» Janeiro 2007

Livros

TV do futebol

» Felisbela Lopes e Sara pereira (orgs) A TV do Futebol; Porto: Campo das Letras

» Televisão e cidadania. Contributos para o debate sobre o serviço público. Manuel Pinto (coord.), Helena Sousa, Joaquim Fidalgo, Helena Gonçalves, Felisbela Lopes, Helena Pires, Luis António Santos. 2ª edição, aumentada, Maio de 2005. Colecção Comunicação e Sociedade. Campo das Letras Editores.

» Weblogs - Diário de Bordo. António Granado, Elisabete Barbosa. Porto Editora. Colecção: Comunicação. Última Edição: Fevereiro de 2004.

» Em nome do leitor. As colunas do provedor do "Público". Joaquim Fidalgo. Coimbra: Ed. Minerva. 2004

» Outras publicações do CECS

Eventos

» Conferência: A Nova Entidade Reguladora no quadro das políticas de Comunicação em Portugal (2006)

» I Congresso Internacional sobre Comunicação e Lusofonia (2005)

» Jornadas ?Dez Anos de Jornalismo Digital em Portugal: Estado da Arte e Cenários Futuros? (2005)

» Todos os eventos







Subscribe with Bloglines


Technorati Profile Powered by Blogger and Blogger Templates