Weblogue colectivo do projecto Mediascópio - CECS / Universidade do Minho | RSS: ATOM 0.3 |




Envie este post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



É importante prosseguir o debate sobre a cobertura televisiva da "conferência de imprensa" de Fátima Felgueiras, na semana passada. Alguma troca de ideias tem ocorrido no espaço de comentários de alguns dos posts dos últimos dias e este continua aberto à participação dos visitantes. Hoje é José Rodrigues dos Santos que vem invocar, no Público, o seu estatuto de "o único doutorado em jornalismo em Portugal" (!), e de professor da mesma área há 15 anos, e, ainda, de pesquisador sobre o assunto em todo o mundo, e contra-atacar que nunca viu "um manual de jornalismo de serviço público". "O que existe é diferença entre o bom e o mau jornalismo." Quanto ao argumento, não diria que não é sério, mas que, pelo menos, é pobre e fraco. Antes de tudo isso, ou interligado com tudo isso, há uma coisa que se chama bom senso e bom gosto. De resto, JRS não é escrutinado como académico. Isso é para outros locais e noutros momentos. Devo salientar uma coisa: acho legítimo e positivo que a RTP defenda e explicite eventuais argumentos que considera ter para actuar como actuou. O que me parece criticável é não ir além de um registo de argumentação, que consiste em desqualificar os argumentos de quem a critica. Porque é que não há-de tomar os próprios termos do debate que se instalou como motivo de atenção e até de tratamento em antena? Porque é que o problema tem de ser sempre colocado em termos de defesa-ataque? E uma vez que JRS invoca o jornalismo no quadro do serviço público, dizendo, ao fim e ao cabo, não saber o que é, conviria lembrar o seguinte: a informação da RTP, que hoje se reconhece estar melhor (e daí também parte do estranhamento quanto ao caso FF), tem tido JRS em posições de responsabilidade editorial em tempos de mau jornalismo e de bom jornalismo. Ficamos a saber que para JRS e Judite de Sousa a cobertura de FF foi "bom jornalismo". Era bom que a RTP se habituasse à ideia de que só tem a ganhar com uma maior interacção com a sociedade e que essa interacção não se pode circunscrever à observação e exibição de curvas de audiência ou à auto-justificação. Um pouco mais de humildade - e de escuta - não lhe ficaria mal.


0 resposta(s) para “”

Responder





Quem somos

» Manuel Pinto
» Helena Sousa
» Luis Antonio Santos
» Joaquim Fidalgo
» Felisbela Lopes
» Madalena Oliveira
» Sara Moutinho
» Daniela Bertocchi
» Sergio Denicoli

» E-MAIL

Últimos posts

» "A conferência de imprensa de Fátima Felgueiras, n...
» E por falar em pseudo-eventos, vale certamente a p...
» Uma proposta alternativa ao S.João é ir a Paris pa...
» Mais um livro que acaba de sair, de João Pissarra ...
» Os repórteres fotográficos reunem-se hoje, às 21 h...
» xyz
» O livro "A Comunicação - Temas e Argumentos", de J...
» "TV Conservadora, Precisa-se" - considera Mário Me...
» Um blog é diferente de um website, no sentido em q...
» Um dos bloggers que, no Canadá, se tem dedicado a ...

Ligações


Arquivos

» Abril 2002
» Maio 2002
» Junho 2002
» Julho 2002
» Agosto 2002
» Setembro 2002
» Outubro 2002
» Novembro 2002
» Dezembro 2002
» Janeiro 2003
» Fevereiro 2003
» Março 2003
» Abril 2003
» Maio 2003
» Junho 2003
» Julho 2003
» Agosto 2003
» Setembro 2003
» Outubro 2003
» Novembro 2003
» Dezembro 2003
» Janeiro 2004
» Fevereiro 2004
» Março 2004
» Abril 2004
» Maio 2004
» Junho 2004
» Julho 2004
» Agosto 2004
» Setembro 2004
» Outubro 2004
» Novembro 2004
» Dezembro 2004
» Janeiro 2005
» Fevereiro 2005
» Março 2005
» Abril 2005
» Maio 2005
» Junho 2005
» Julho 2005
» Agosto 2005
» Setembro 2005
» Outubro 2005
» Novembro 2005
» Dezembro 2005
» Janeiro 2006
» Fevereiro 2006
» Março 2006
» Abril 2006
» Maio 2006
» Junho 2006
» Julho 2006
» Agosto 2006
» Setembro 2006
» Outubro 2006
» Novembro 2006
» Dezembro 2006
» Janeiro 2007

Livros

TV do futebol

» Felisbela Lopes e Sara pereira (orgs) A TV do Futebol; Porto: Campo das Letras

» Televisão e cidadania. Contributos para o debate sobre o serviço público. Manuel Pinto (coord.), Helena Sousa, Joaquim Fidalgo, Helena Gonçalves, Felisbela Lopes, Helena Pires, Luis António Santos. 2ª edição, aumentada, Maio de 2005. Colecção Comunicação e Sociedade. Campo das Letras Editores.

» Weblogs - Diário de Bordo. António Granado, Elisabete Barbosa. Porto Editora. Colecção: Comunicação. Última Edição: Fevereiro de 2004.

» Em nome do leitor. As colunas do provedor do "Público". Joaquim Fidalgo. Coimbra: Ed. Minerva. 2004

» Outras publicações do CECS

Eventos

» Conferência: A Nova Entidade Reguladora no quadro das políticas de Comunicação em Portugal (2006)

» I Congresso Internacional sobre Comunicação e Lusofonia (2005)

» Jornadas ?Dez Anos de Jornalismo Digital em Portugal: Estado da Arte e Cenários Futuros? (2005)

» Todos os eventos







Subscribe with Bloglines


Technorati Profile Powered by Blogger and Blogger Templates