Weblogue colectivo do projecto Mediascópio - CECS / Universidade do Minho | RSS: ATOM 0.3 |




Envie este post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Tendo em conta que o "post" que tentei publicar a partir de Espanha continha algumas gralhas, vou novamente proceder à sua publicação. Os Jornais de grande circulação e a aproximação aos leitores Os meios técnicos das televisões e rádios, a informação em “tempo real” que atira para o baú o interesse da notícia que só pode ser publicada no dia seguinte, fizeram com que os jornais redireccionassem a sua estratégia informativa para a análise e aprofundamento das notícias da véspera e para a informação que, normalmente, não interessa aos meios audiovisuais, designadamente a informação regional, de proximidade. Daí o grande desenvolvimento e mesmo tradição que a imprensa regional granjeou em França e Espanha, onde existem diários regionais de grande expansão e tiragem. Embora mais recentemente, o fenómeno começou a chegar a Portugal. Primeiro com as edições Norte e Sul do “Público”, “Diário de Notícias” e “Jornal de Notícias” e, mais recentemente, com edições mais localizadas do JN e “Público”. Na nossa vizinha Espanha, uma nova tendência está em curso. O jornal “El Mundo”, diário de grande expansão, está a testar um novo modelo de aproximação com os leitores e com as suas regiões. Em algumas regiões espanholas, em vez de publicar uma edição regional – modelo normalmente seguido – está a lançar a edição nacional em conjunto com um diário regional, oferecendo um verdadeiro dois em um – dois jornais, informação do mundo, nacional e, muita informação regional. Estão nesta situação a Galiza, com o “Correo Galego”; Baleares, com o “El Dia de Baleares”; León, com o “la Crónica de León”; e Burgos com o “El Correo de Burgos”. Este é um modelo com vantagens, embora também com inconvenientes. O inconveniente é o facto do leitor ter que consumir dois jornais distintos, com uma organização e estruturação diferentes e, como é evidente, com notícias repetidas ou que sobrepõem. As vantagens residem na possibilidade de promoção do diário regional, ao alargar o campo de potenciais leitores e, consequentemente, do diário nacional; a diversidade e quantidade de informação é muito grande; a informação local sai claramente beneficiada, tanto em quantidade, qualidade como diversidade. Um exemplo a seguir e que, numa perspectiva de concentração crescente no campo dos media e de constituição de grandes grupos, pode ter um cabimento e uma pertinência mais próximos do que aquilo que se pode imaginar.


0 resposta(s) para “”

Responder





Quem somos

» Manuel Pinto
» Helena Sousa
» Luis Antonio Santos
» Joaquim Fidalgo
» Felisbela Lopes
» Madalena Oliveira
» Sara Moutinho
» Daniela Bertocchi
» Sergio Denicoli

» E-MAIL

Últimos posts

» A TSF debatida nos blogs No Dicionário do Diabo...
» Fronteiras da Imagem com a Palavra Na Sala dos ...
» O "Globo" tem 15 blogs! Há órgãos de comunicaçã...
» Negócio e blogs, de novo A empresa de estudos d...
» Descontracção O MUNDO NUM CLICK - Jornalismo st...
» Manifesto pela qualidade da TV para crianças Ma...
» Empresas recorrem aos blogs Nos EUA, em especia...
» Número da "Telos" sobre Arte Digital É interess...
» Acontece ... mas não devia acontecer O JN volta...
» Das seis matérias que o Público insere hoje na sua...

Ligações


Arquivos

» Abril 2002
» Maio 2002
» Junho 2002
» Julho 2002
» Agosto 2002
» Setembro 2002
» Outubro 2002
» Novembro 2002
» Dezembro 2002
» Janeiro 2003
» Fevereiro 2003
» Março 2003
» Abril 2003
» Maio 2003
» Junho 2003
» Julho 2003
» Agosto 2003
» Setembro 2003
» Outubro 2003
» Novembro 2003
» Dezembro 2003
» Janeiro 2004
» Fevereiro 2004
» Março 2004
» Abril 2004
» Maio 2004
» Junho 2004
» Julho 2004
» Agosto 2004
» Setembro 2004
» Outubro 2004
» Novembro 2004
» Dezembro 2004
» Janeiro 2005
» Fevereiro 2005
» Março 2005
» Abril 2005
» Maio 2005
» Junho 2005
» Julho 2005
» Agosto 2005
» Setembro 2005
» Outubro 2005
» Novembro 2005
» Dezembro 2005
» Janeiro 2006
» Fevereiro 2006
» Março 2006
» Abril 2006
» Maio 2006
» Junho 2006
» Julho 2006
» Agosto 2006
» Setembro 2006
» Outubro 2006
» Novembro 2006
» Dezembro 2006
» Janeiro 2007

Livros

TV do futebol

» Felisbela Lopes e Sara pereira (orgs) A TV do Futebol; Porto: Campo das Letras

» Televisão e cidadania. Contributos para o debate sobre o serviço público. Manuel Pinto (coord.), Helena Sousa, Joaquim Fidalgo, Helena Gonçalves, Felisbela Lopes, Helena Pires, Luis António Santos. 2ª edição, aumentada, Maio de 2005. Colecção Comunicação e Sociedade. Campo das Letras Editores.

» Weblogs - Diário de Bordo. António Granado, Elisabete Barbosa. Porto Editora. Colecção: Comunicação. Última Edição: Fevereiro de 2004.

» Em nome do leitor. As colunas do provedor do "Público". Joaquim Fidalgo. Coimbra: Ed. Minerva. 2004

» Outras publicações do CECS

Eventos

» Conferência: A Nova Entidade Reguladora no quadro das políticas de Comunicação em Portugal (2006)

» I Congresso Internacional sobre Comunicação e Lusofonia (2005)

» Jornadas ?Dez Anos de Jornalismo Digital em Portugal: Estado da Arte e Cenários Futuros? (2005)

» Todos os eventos







Subscribe with Bloglines


Technorati Profile Powered by Blogger and Blogger Templates