Weblogue colectivo do projecto Mediascópio - CECS / Universidade do Minho | RSS: ATOM 0.3 |



Sugestões para o Clube de Jornalistas


Envie este post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Sugestões para o Clube de Jornalistas A próxima edição do Clube de Jornalistas tem como convidado principal António Barreto. Fernando Madrinha e Fernanda Câncio também vão estar no programa, moderado por Estrela Serrano. Amanhã, às 23h30, na Dois, com repetição na 5ª feira, às 15h00. Não tendo esquecido a interpelação de Estrela Serrano, na semana passada, para que se façam sugestões concretas para melhorar o programa, anoto, em jeito de apontamento algumas. Pode ser que outras se juntem entretanto.

  • Era bom que o programa fosse um bocadinho mais dinâmico. Às vezes, a moderação fica encerrada num "passar palavra" que nos fica no ouvido sempre pela mesma expressão: "Gostava que me falasse agora de..." ou "O que eu queria que me dissesse agora era..."
  • Sendo um programa de jornalistas (ou ex-jornalistas) com jornalistas, em boa parte dos casos, não era pior que este espaço fosse mais "rebelde", mais ousado. O estilo é muito sereno e as questões do jornalismo não são serenas, pois não?
  • Por outro lado, julgo que o programa ganharia se se conseguisse que ele interessasse a um público mais vasto e não apenas a um quadrante especializado, como o são os próprios jornalistas e os académicos da área. Não sei se resultaria, até porque o programa passa já um bocadinho tarde, num canal que pouca gente vê, mas talvez se pudesse experimentar uma fórmula em que um grupo de telespectadores interrogasse os jornalistas, do género: "Que perguntas gostaria de fazer a um jornalista?"
  • A comparação poderá parecer bizarra, mas talvez funcionasse, se se aproximasse o modelo do "Clube de Jornalistas na TV" a um "Prós e Contras", na medida em que o programa pudesse ser de maior interacção entre os intervenientes. Na verdade, muitas vezes não chega a haver debate. Cada um limita-se a dizer o que pensa, sem que isso represente "combate" relativamente a outras opiniões.

Como disse, são apenas alguns apontamentos. Quando, na semana passada, admitia que às vezes se roça o insulto à profissão, queria apenas dizer que o estilo é demasiado moderado. Os jornalistas não são, por natureza, moderados. Numa entrevista que deu ao Diário de Notícias, em 2001, o Fernando Alves, da TSF, dizia que "se não se der umas quecas com a mesa do estúdio não se toca o ouvinte". Entendida em sentido figurado (naturalmente!), a expressão assenta bem ao Clube de Jornalistas - de facto, não se toca o telespectador... Talvez porque não se fala de jornalismo com o entusiasmo de quem, diria de novo o Fernando Alves, é da profissão! (era, aliás, uma boa sugestão para um dos próximos programas, porque tem o jornalismo à flor da pele!)


0 resposta(s) para “Sugestões para o Clube de Jornalistas”

Responder





Quem somos

» Manuel Pinto
» Helena Sousa
» Luis Antonio Santos
» Joaquim Fidalgo
» Felisbela Lopes
» Madalena Oliveira
» Sara Moutinho
» Daniela Bertocchi
» Sergio Denicoli

» E-MAIL

Últimos posts

» Conferência de provedores abre com reflexão sobre ...
» O caso República: um incidente crítico Um estudo d...
» Internet: um perigo para o regime chinês Idas a t...
» Google "personaliza-se" O Google acaba de lançar ...
» Blogues e prática jornalística "Blogging and Jour...
» Liberdade, diversidade e cidadania
» Blogues do sim e do não Depois do safanão dado po...
» "Liberdade de Imprensa: desafios e ameaças"
» Caso República 30 anos depois "Quando um jornal s...
» Imprensa desportiva em alta

Ligações


Arquivos

» Abril 2002
» Maio 2002
» Junho 2002
» Julho 2002
» Agosto 2002
» Setembro 2002
» Outubro 2002
» Novembro 2002
» Dezembro 2002
» Janeiro 2003
» Fevereiro 2003
» Março 2003
» Abril 2003
» Maio 2003
» Junho 2003
» Julho 2003
» Agosto 2003
» Setembro 2003
» Outubro 2003
» Novembro 2003
» Dezembro 2003
» Janeiro 2004
» Fevereiro 2004
» Março 2004
» Abril 2004
» Maio 2004
» Junho 2004
» Julho 2004
» Agosto 2004
» Setembro 2004
» Outubro 2004
» Novembro 2004
» Dezembro 2004
» Janeiro 2005
» Fevereiro 2005
» Março 2005
» Abril 2005
» Maio 2005
» Junho 2005
» Julho 2005
» Agosto 2005
» Setembro 2005
» Outubro 2005
» Novembro 2005
» Dezembro 2005
» Janeiro 2006
» Fevereiro 2006
» Março 2006
» Abril 2006
» Maio 2006
» Junho 2006
» Julho 2006
» Agosto 2006
» Setembro 2006
» Outubro 2006
» Novembro 2006
» Dezembro 2006
» Janeiro 2007

Livros

TV do futebol

» Felisbela Lopes e Sara pereira (orgs) A TV do Futebol; Porto: Campo das Letras

» Televisão e cidadania. Contributos para o debate sobre o serviço público. Manuel Pinto (coord.), Helena Sousa, Joaquim Fidalgo, Helena Gonçalves, Felisbela Lopes, Helena Pires, Luis António Santos. 2ª edição, aumentada, Maio de 2005. Colecção Comunicação e Sociedade. Campo das Letras Editores.

» Weblogs - Diário de Bordo. António Granado, Elisabete Barbosa. Porto Editora. Colecção: Comunicação. Última Edição: Fevereiro de 2004.

» Em nome do leitor. As colunas do provedor do "Público". Joaquim Fidalgo. Coimbra: Ed. Minerva. 2004

» Outras publicações do CECS

Eventos

» Conferência: A Nova Entidade Reguladora no quadro das políticas de Comunicação em Portugal (2006)

» I Congresso Internacional sobre Comunicação e Lusofonia (2005)

» Jornadas ?Dez Anos de Jornalismo Digital em Portugal: Estado da Arte e Cenários Futuros? (2005)

» Todos os eventos







Subscribe with Bloglines


Technorati Profile Powered by Blogger and Blogger Templates