Weblogue colectivo do projecto Mediascópio - CECS / Universidade do Minho | RSS: ATOM 0.3 |



É tempo de agir


Envie este post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Embora sem a atenção e a disponibilidade que desejaria, tenho acompanhado o debate em curso sobre o jornalismo, na sequência da publicação do livro de Manuel Maria Carrilho. Não estou seguro que, dos factos, pseudo-factos e argumentos invocados, possamos concluir que o diagnóstico está feito. Longe disso. Por outro lado, não se deve esquecer que o "campo jornalístico" (e a compreensão da sua complexidade) não pode, hoje, ser confinado às redacções e aos jornalistas. [Um sintoma disso mesmo é aquela notícia do Expresso do último fim de semana, segundo a qual mais de 70 por cento das matérias de primeira página dos principais media impressos reflectem não a agenda dos jornalistas mas a agenda das agências de comunicação, ou seja, o interesse e poder de agendamento das fontes organizadas. Nada de particularmente novo, mas que, lido assim em letra de forma, deveria suscitar um abanão]. A minha pergunta, neste contexto, é esta: não será chegado o tempo da iniciativa? Entidades e instituições como as associações profissionais e sindical de jornalistas, o Conselho Deontológico do Sindicato, a Entidade Reguladora, a Confederação de Meios e as instituições de formação de jornalistas, entre outras, têm, cada uma de per si, algo a fazer. Mas a percepção da complexidade do puzzle não exigiria que pensassem em algo todas juntas?


10 resposta(s) para “É tempo de agir”

  1. Anonymous FRQSTR=18997151x227830:1:10080|18997151|18997151|18997151|18997151; bbhimom=2093049020 

    Manuel,

    Como dizes muito bem, isto n?o ? nada de novo e tem apenas a ver com a forma como as fontes se v?m a organizar h? muitos, muitos anos. Os media d?o as not?cias, as fontes organizam-se para as dar aos media. H? algum mal nisso? Um excerto de um dos meus par?grafos:

    "In his book Reporters and Officials: The organization and politics of newsmaking, Sigal (1973) showed that 58.2 percent of the page one stories in The New York Times and The Washington Post, during two weeks at five-year intervals (1949, 1954, 1959, 1964 and 1969) where coming from routine channels. Following up Sigal?s work, Jane Delano Brown and her colleagues analysed front page stories in The New York Times, The Washington Post and four North Carolina newspapers in 1979 and 1980. They also found that ?most reporting relies on routine channels and press releases? (Brown, Bybee et al. 1987, p.53)"

  2. Anonymous Ant?nio Granado 

    O an?nimo sou eu.

  3. Anonymous Gabriel Silva 

    Curiosamente, a tal not?cia sobre os ?70%? tem como origem uma ag?ncia....

  4. Anonymous Gabriel Silva 

    pergunta nao ha forma de corrigirem esta caixa de comentarios que nao aceita textos em portugues

  5. Anonymous PedroF 

    Gabriel,
    mas depois ha? o estudo de Vasco Ribeiro a atirar para os 73,5 por cento. Mas claro que a agencia tem interesse em publicar esse tipo de noticia: consegue provar que, pelo menos no Expresso, a sua comunicacao funciona. Os clientes vao adorar...

  6. Anonymous Joaquim Fidalgo 

    S? uma d?vida, para o caso de algu?m saber esclarecer: o estudo referido pelo Expresso fala de not?cias provenientes de "ag?ncias de informa??o e gabinetes de imprensa". Quando est? a falar de ag?ncias de informa??o, est? de facto a falar em ag?ncias ou empresas de comunica??o -- como tem sido interpretado generalizadamente? N?o estar? a incluir tamb?m, nas ag?ncias de informa??o, as ag?ncias noticiosas ( informativas), como a Lusa ou a Reuters? Sabemos que muitas not?cias dos jornais t?m essa origem, mas conv?m n?o confundir, pois aqui estamos perante trabalho de jornalistas... Confesso que o tal estudo me deixa algumas d?vidas. Era interessante conhec?-lo mais em pormenor, para ver que conclus?es permite.

  7. Anonymous PedroF 

    O que diz o texto: ?CERCA de 70% das not?cias publicadas nos jornais portugueses t?m como origem as ag?ncias de informa??o ou os gabinetes de Imprensa?. Este ? o resultado de um estudo efectuado por uma das mais antigas ag?ncias a operar em Portugal, a Emirec (...)

    Depois: ?fontes organizadas de informa??o?, ou seja ag?ncias, assessorias e gabinetes de Imprensa

    E ainda (sobre o estudo da UP): 73,5% das not?cias analisadas s?o provenientes de assessorias de Imprensa do Governo, das autarquias e ag?ncias de informa??o.

    [Mas, tendo em conta este texto, tamb?m gostaria de ler os tais estudos em mais detalhe]

  8. Anonymous M?quina Zero 

    Complicado. A lei que obriga ? declara??o de rendimentos dos pol?ticos n?o acabou com a corrup??o.

  9. Anonymous Gabriel Silva 

    nao esquecer que um estudo, o dos 70 e de uma agencia, a emirec, e o outro que o PedroF, o dos 73 e de um ex-futuro-acessor de imprensa do partido socialista....

    p.s nao uso acentos porque esta caixa de comentarios esta formatada para alguma lingua que nao o portugues, agradecendo-se que alguem altere isto sob pena de nao se conseguir perceber nada e a mesma perder interesse , o que e pena

  10. Anonymous POKER ROOM 

    [url=http://POKER-ROOM-PLAYERS.INFO/]Poker Room[/url][LINK=http://POKER-ROOM-PLAYERS.INFO/]Poker Rooms[/LINK] Poker Room [url=http://online-poker-room.POKER-ROOM-PLAYERS.INFO/]Online Poker Room[/url][LINK=http://online-poker-room.POKER-ROOM-PLAYERS.INFO/]Online Poker Rooms[/LINK] Online Poker Room [url=http://poker-room-review.POKER-ROOM-PLAYERS.INFO/]poker room review[/url][LINK=http://poker-room-review.POKER-ROOM-PLAYERS.INFO/]poker room review[/LINK] poker room review

Responder





Quem somos

» Manuel Pinto
» Helena Sousa
» Luis Antonio Santos
» Joaquim Fidalgo
» Felisbela Lopes
» Madalena Oliveira
» Sara Moutinho
» Daniela Bertocchi
» Sergio Denicoli

» E-MAIL

Últimos posts

» "Lei de Gresham" aplicada ao jornalismo
» A propósito do livro de Manuel Maria Carrilho...
» Sinal dos tempos
» As notícias como anestésico
» "Cidadãos jornalistas"
» Falar de blogues no jornalismo
» Televisão: um perigo para as florestas?
» Uma análise sobre o Google News
» Público possibilita debate sobre foto de capa
» Ciberjornalismo e participação dos cidadãos

Ligações


Arquivos

» Abril 2002
» Maio 2002
» Junho 2002
» Julho 2002
» Agosto 2002
» Setembro 2002
» Outubro 2002
» Novembro 2002
» Dezembro 2002
» Janeiro 2003
» Fevereiro 2003
» Março 2003
» Abril 2003
» Maio 2003
» Junho 2003
» Julho 2003
» Agosto 2003
» Setembro 2003
» Outubro 2003
» Novembro 2003
» Dezembro 2003
» Janeiro 2004
» Fevereiro 2004
» Março 2004
» Abril 2004
» Maio 2004
» Junho 2004
» Julho 2004
» Agosto 2004
» Setembro 2004
» Outubro 2004
» Novembro 2004
» Dezembro 2004
» Janeiro 2005
» Fevereiro 2005
» Março 2005
» Abril 2005
» Maio 2005
» Junho 2005
» Julho 2005
» Agosto 2005
» Setembro 2005
» Outubro 2005
» Novembro 2005
» Dezembro 2005
» Janeiro 2006
» Fevereiro 2006
» Março 2006
» Abril 2006
» Maio 2006
» Junho 2006
» Julho 2006
» Agosto 2006
» Setembro 2006
» Outubro 2006
» Novembro 2006
» Dezembro 2006
» Janeiro 2007

Livros

TV do futebol

» Felisbela Lopes e Sara pereira (orgs) A TV do Futebol; Porto: Campo das Letras

» Televisão e cidadania. Contributos para o debate sobre o serviço público. Manuel Pinto (coord.), Helena Sousa, Joaquim Fidalgo, Helena Gonçalves, Felisbela Lopes, Helena Pires, Luis António Santos. 2ª edição, aumentada, Maio de 2005. Colecção Comunicação e Sociedade. Campo das Letras Editores.

» Weblogs - Diário de Bordo. António Granado, Elisabete Barbosa. Porto Editora. Colecção: Comunicação. Última Edição: Fevereiro de 2004.

» Em nome do leitor. As colunas do provedor do "Público". Joaquim Fidalgo. Coimbra: Ed. Minerva. 2004

» Outras publicações do CECS

Eventos

» Conferência: A Nova Entidade Reguladora no quadro das políticas de Comunicação em Portugal (2006)

» I Congresso Internacional sobre Comunicação e Lusofonia (2005)

» Jornadas ?Dez Anos de Jornalismo Digital em Portugal: Estado da Arte e Cenários Futuros? (2005)

» Todos os eventos







Subscribe with Bloglines


Technorati Profile Powered by Blogger and Blogger Templates