Weblogue colectivo do projecto Mediascópio - CECS / Universidade do Minho | RSS: ATOM 0.3 |



Retratos da greve nos quatro diários nacionais


Envie este post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Correio da Manhã: "Segundo dados dos sindicatos, cerca de 85% dos professores aderiram ontem à greve. Um número que deixou 90% dos alunos quase sem aulas e que levou ao encerramento de entre duas a três mil escolas. O Ministério da Educação é mais contido nas contas, apontando para uma adesão de 39%." Público: "A adesão dos professores ao primeiro dia de greve nacional, estimada em 85 por cento, é uma 'resposta extraordinária às propostas, à demagogia e às provocações do Ministério da Educação', segundo a Plataforma Sindical de Professores. Os sindicatos calculam que '90 por cento dos alunos' foram ontem afectados pela paralisação e que 'milhares de estabelecimentos de ensino foram encerrados' por falta de docentes. Os números do Ministério da Educação (ME) indicam que apenas 39 por cento dos docentes faltaram às aulas como forma de protesto e que 27 por cento das escolas estiveram fechadas em todo o país. Os dados referem-se apenas ao período da manhã. O total de faltas só será apurado dentro de dias, depois de ultrapassado o período legal para justificar as ausências junto das escolas, segundo o ministério". Diário de Notícias: "Os sindicatos de professores estimam que cerca de 85% dos docente, cerca de 119 mil, tenham faltado às aulas no primeiro de dois dias de greve nacional. Valores que, a confirmarem-se, fariam da paralisação de ontem a maior deste o final da década de 80. O Ministério da Educação, baseando-se em números do período da manhã, apontou para uma taxa de adesão à greve que varia entre os 28% e os 52% nas cinco regiões educativas. Apresentou ainda uma estimativa global de 39% de faltas a nível nacional, mas aparentemente engana-se nas contas". Jornal de Notícias: "A maioria das escolas portuguesas esteve ontem sem aulas na sequência do primeiro dia de greve de professores que, mais uma vez, suscitou leituras totalmente diferentes entre sindicatos e Governo. Os primeiros falam de uma adesão nacional a rondar os 85 % e os segundos contrapõem com menos de metade apenas 39 %".


4 resposta(s) para “Retratos da greve nos quatro diários nacionais”

  1. Anonymous Ricardo Fernandes 

    Gostei do blog. Sou estudante de jornalismo no Brasil. Publico artigos para um jornal local. Gostaria de trocar experi?ncias com outros profissionais.

    http://cultuando.blogspot.com/

  2. Anonymous Leonor 

    Coitados dos desempregados que nao podem fazer greve. Coitados dos explorados nos empregos precarios que nao podem fazer greve. Coitados dos bolseiros de investigacao que nao podem fazer greve. Coitados dos jovens pequenos empresarios que nao podem fazer greve. Felizes os que podem fazer greve. Felizes os que acreditam que a greve vale a pena. Felizes ou que acreditam que este Pais vale a pena. A titulo de curiosidade, incluo-me nos coitados e infelizes... (Nao me estou a queixar, mas e a verdade...)

  3. Anonymous Prior do Crato 

    A Leonor tem toda a razao: ve-se que eh coitada e infeliz. Felizmente, para este pais e para ela propria, ha quem, mesmo sendo infeliz, faca greve por causa de todos os coitados. Impressionante eh ver, em 2006, um discurso tao reaccionario da parte de alguem que, tudo indica, nao atingiu ainda metade do tempo de vida. Nao admira que seja infeliz e que, a continuar a pensar assim, venha a ser coitada para o resto da vida...

  4. Anonymous Leonor 

    Nao sou contra a greve, nao fui isso que eu disse. Apenas lamentei o Pais em que vivo em que as greves nao afectam os altos governantes. E por nao dar oportunidades de trabalho a muita gente que merecia. E pela exploracao a que grande parte das pessoas que conheco e sujeita no emprego. Mas o Prior do Crato deve gostar de insultar. Comigo nao teve sorte. Nao entro em discussoes. Apenas desabafei. Nao tenho pretensoes de intelectual. E quanto ao vacticinio de eu ser coitada para o resto da vida lamento muito. Talvez com a doenca que sofro assim seja. E talvez tenha a sorte de nao ler nada mais de minha parte pois a minha vida ja nao seja tao grande assim, devido a graves problemas que as dificuldades economicas e profissionais me impuseram. Usar blogs para insultar as pessoas sem se tentar saber o que esta por detras de um desabafo, de uma historia, de um comentario e muito triste. Fiquei tao desiludida que nem consigo dizer mais nada.

Responder





Quem somos

» Manuel Pinto
» Helena Sousa
» Luis Antonio Santos
» Joaquim Fidalgo
» Felisbela Lopes
» Madalena Oliveira
» Sara Moutinho
» Daniela Bertocchi
» Sergio Denicoli

» E-MAIL

Últimos posts

» Imagens do Portugal digital
» Alunos da UM vencem prémio para Spot HIV/SIDA
» Novos gratuitos em Braga, Coimbra e Covilhã ignora...
» Weblogs, Jornalismo e Cidadania
» Imagens em palavras
» Sugestões
» A maior garantia
» Pensar a blogosfera ... e a sociedade
» A Imprensa e o poder político: novo livro
» Jovens de costas para os jornais

Ligações


Arquivos

» Abril 2002
» Maio 2002
» Junho 2002
» Julho 2002
» Agosto 2002
» Setembro 2002
» Outubro 2002
» Novembro 2002
» Dezembro 2002
» Janeiro 2003
» Fevereiro 2003
» Março 2003
» Abril 2003
» Maio 2003
» Junho 2003
» Julho 2003
» Agosto 2003
» Setembro 2003
» Outubro 2003
» Novembro 2003
» Dezembro 2003
» Janeiro 2004
» Fevereiro 2004
» Março 2004
» Abril 2004
» Maio 2004
» Junho 2004
» Julho 2004
» Agosto 2004
» Setembro 2004
» Outubro 2004
» Novembro 2004
» Dezembro 2004
» Janeiro 2005
» Fevereiro 2005
» Março 2005
» Abril 2005
» Maio 2005
» Junho 2005
» Julho 2005
» Agosto 2005
» Setembro 2005
» Outubro 2005
» Novembro 2005
» Dezembro 2005
» Janeiro 2006
» Fevereiro 2006
» Março 2006
» Abril 2006
» Maio 2006
» Junho 2006
» Julho 2006
» Agosto 2006
» Setembro 2006
» Outubro 2006
» Novembro 2006
» Dezembro 2006
» Janeiro 2007

Livros

TV do futebol

» Felisbela Lopes e Sara pereira (orgs) A TV do Futebol; Porto: Campo das Letras

» Televisão e cidadania. Contributos para o debate sobre o serviço público. Manuel Pinto (coord.), Helena Sousa, Joaquim Fidalgo, Helena Gonçalves, Felisbela Lopes, Helena Pires, Luis António Santos. 2ª edição, aumentada, Maio de 2005. Colecção Comunicação e Sociedade. Campo das Letras Editores.

» Weblogs - Diário de Bordo. António Granado, Elisabete Barbosa. Porto Editora. Colecção: Comunicação. Última Edição: Fevereiro de 2004.

» Em nome do leitor. As colunas do provedor do "Público". Joaquim Fidalgo. Coimbra: Ed. Minerva. 2004

» Outras publicações do CECS

Eventos

» Conferência: A Nova Entidade Reguladora no quadro das políticas de Comunicação em Portugal (2006)

» I Congresso Internacional sobre Comunicação e Lusofonia (2005)

» Jornadas ?Dez Anos de Jornalismo Digital em Portugal: Estado da Arte e Cenários Futuros? (2005)

» Todos os eventos







Subscribe with Bloglines


Technorati Profile Powered by Blogger and Blogger Templates